Ministério Público afirma que os problemas na estrutura da barragem que se rompeu eram conhecidos da Vale e aponta omissão por parte da empresa. Em ações em Minas, no Rio de Janeiro e em São Paulo, oito funcionários da mineradora são presos

Funcionário é detido: presos teriam envolvimento na emissão de relatórios e no planejamento de segurança da barreira que se rompeu(foto: Paulo Filgueiras/Estado de Minas)

Saiba mais!