TC Journal
Edição de Fechamento
18 de outubro de 2018
Indicadores Financeiros
BOVESPA ($IBOV) 83.847 PTS -2,24%
DÓLAR ($BRL) R$3,726 +0,95%
S&P500 ($SPFUT) 2.768 PTS -1,44%
BITCOIN ($BTX) US$6.494 -0,59%
RISCO-PAÍS ($CDS5) 218.587 PTS +2,83%
Cautela impera com exterior tenso à espera de PIB da China, Datafolha— A bolsa recuou, enquanto o câmbio avançou nesta quinta-feira, influenciados por um exterior tumultuado e temores de que a China mostre desaceleração pronunciada da atividade decorrente da disputa comercial em curso com os Estados Unidos. A aversão ao risco voltou a tomar conta das bolsas globais e contaminou o mercado local; alguns traders mencionaram a expectativa por divulgação de pesquisa Datafolha à noite como um dos motivos pelo qual o mercado entrou em modo de realização hoje. Para o economista-chefe da Infinity Asset, Jason Vieira, o mercado deve mudar o foco cada vez mais para exterior, onde o cenário aparece nebuloso e com tendência à piora; sinalizações de como o líder na corrida eleitoral, Jair Bolsonaro, vai conduzir a política econômica não devem vir antes da votação, no dia 28 deste mês.

— O dia também trouxe notícias negativas para a campanha bolsonarista, com a denúncia da Folha de S. Paulo de que empresários teriam pago para disseminar notícias falsas contra o PT por WhatsApp. Partidos de esquerda devem entrar com pedido de anulação do pleito devido ao episódio. Isso não gerou tanto ruído no pregão quanto o exterior convulsionado. No último minuto do pregão, no entanto, uma notícia inesperada deixou o ambiente mais complicado para o pregão de amanhã: segundo a Bloomberg News, o presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, deve deixar o cargo no fim do ano. Goldfajn é creditado por ter conduzido com pulso firme a política monetária – que trouxe os juros para mínima histórica e ter evitado uma disparada do dólar ao longo da eleição. Neste cenário de noticiário truncado, o Ibovespa teve a pior queda desde 10 de outubro – recuo de 2,24% e perdeu os 84 mil pontos. O volume foi de R$9,96 bilhões, abaixo da média.

— O contribuidor TC Israel Massa alertou sobre o processo de saída dos investidores estrangeiros da B3, “sinalizando um processo de realização de lucros”. Já o dólar futuro interrompeu três quedas seguidas e voltou ao patamar de R$3,726, em meio à alta do dólar americano. A curva de juros também reagiu à notícia da Bloomberg, com os DIs puxando forte para cima nos últimos cinco minutos do pregão. A sexta-feira deve ser marcada pela reação aos números do PIB chinês e suas repercussões nos mercados dos países emergentes: a China é o maior comprador das exportações deste grupo. Fique de olho nos discursos de lideranças de bancos centrais no Reino Unido e do Japão, prévia do IGP-M para outubro e na divulgação de resultados das companhias americanas do terceiro trimestre. Informe-se bem sobre o que acontece no pregão: cadastre-se no TradersClub!

Ilan Goldfajn, presidente do Banco Central. (Créditos: Ueslei Marcelino/Reuters)
“Vamos levar ao conhecimento da Justiça todos os indícios, alguns que estão nos chegando agora de reuniões em que ele (Bolsonaro), de viva voz, pediu o apoio via Whatspapp. Ele próprio, em jantares com empresários, fez o pedido para que a doação fosse feita dessa maneira, de forma ilegal.”
Candidato à Presidência Fernando Haddad, acusando seu concorrente, Jair Bolsonaro, de crime eleitoral via WhatsApp
PRINCIPAIS NOTÍCIAS PARA VOCÊ TERMINAR O DIA BEM INFORMADO
Trading News 
— Haddad atualiza programa de governo e tira aspectos polêmicos
— Demanda das empresas por crédito despenca em setembro com eleição, diz Serasa
— Eletrobras, GPA, Copasa, Cesp, Unipar, minério de ferro – Recomendações
— Casas divergem sobre ação da Equatorial sem compra da Amazonas Energia
— Bolsa cai com exterior ruim, à espera do PIB da China
— Haddad repercute matéria da Folha e diz que acionará Justiça contra Bolsonaro
— Brasil será destaque na temporada de balanços, prevê Itaú BBA
— Sobre a PDG Realty – Comentário
— Petrobras inicia fase de cessão de direitos em polo na Bacia do Ceará
— Sugestivo artigo atribui onda da direita à economia, e não a insegurança ou corrupção
— Folha acusa empresários pró-Bolsonaro de bancar campanha contra o PT pelo WhatsApp
— Recuperação do setor de varejo depende da retomada da economia, aponta BTG Pactual
— UBS rebaixa Cemig para neutra, vê privatização pouco provável por ora

Valor Econômico
— Consumo doméstico de bens industriais cai 0,6% em agosto, segundo Ipea
— Advogado de Bolsonaro nega financiamento de empresas no WhatsApp
–Investimento estrangeiro direto na China cresce 8,3% em setembro

Estado de S.Paulo/Broadcast 
— PDT vai pedir nulidade ou cancelamento das eleições por mensagens contra o PT
–Juristas declaram apoio a Haddad e defendem ‘bater à porta’ do TSE contra Bolsonaro

Globo/G1
— Participação em debates ‘depende de Bolsonaro’, diz médico
— 13º vai injetar R$ 211,2 bilhões na economia, aponta Dieese
— Leilão da Amazonas Energia está mantido para 25 de outubro, diz ministro
Quer ser o investidor mais bem informado do mercado? Entre para o TradersClub!

Canal #master

“Há preocupações com a China e emergentes em geral. Os estrangeiros estão realizando ganhos um pouco. E, além disso, o mercado dos EUA está caindo muito” Nicolás Levy (@nico) comentando a queda do mercado brasileiro hoje

TC Master
Agenda 

Indicadores nacionais
— N.D.: Confiança Industrial – CNI
— 08h00: IGP-M segunda prévia – FGV

Indicadores internacionais
— 05h00: Conta corrente da Zona do Euro em agosto; consenso €21,4 bilhões
— 14h00: Contagem de sondas de petróleo dos EUA – Baker Hughes; anterior 869

Eventos
— 03h35: Discurso de Haruhiko Kuroda, presidente do BoJ
— 12h30: Discurso de Mark Carney, governador do Bank of England, em Nova York
— N.D: Data prevista para leilão de privatização da Cesp
— ND: Previsão de divulgação de pesquisa XP/Ipespe para a Presidência

Siga o nosso canal #TRADING_NEWS
para saber o que acontece no pregão!